quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Aceitar os bons conselhos... dos Pais!



Resultado de imagem para noivos 






Se pensastes em casar
Logo em dia de Entrudo
Quando algo fores comprar:
Ó filha nunca gastes tudo!
Aprenderás no matrimónio;
Casar é um caso bicudo
Há que poupar o património:
Ó filha nunca gastes tudo!
Este mundo é uma chatice
Onde há muito casmurro
Não caias na malandrice:
Ó filha nunca gastes tudo!
Todos falam em crise
A vida está um canudo
Cuidado com o deslise:
Ó filha nunca gastes tudo!
Quando fores defecar
Se não tiveres papel
É melhor, se calhar
Limpa o olho ao lenço do Abel
Ou, porventura ao jornal
Nesse teu olhar sisudo
Para não acabar mal:
Ó filha nunca gastes tudo!
Para chegares ao final   
Sorrindo como um miúdo
Evitas desgraçar Portugal:
Por isso, nunca gastes tudo!

2 comentários:

Edumanes disse...

Lindos iam os noivos!
a caminho do altar
tropeçaram nos poisos
que os não deixou passar.

A culpa foi da noiva,
que antes tudo quis gastar
na beleza da sua coisa
para o noiva nela enfiar.

Na crise não pensou,
ó noiva nunca gastes tudo
o coiso na coisa não enfiou
ficou amuado o cabeçudo!

A magana está esperando,
que a crice passe depressa
não se sabe no que pensando
talvez, numa falsa promessa!

Na vida do vale tudo,
tudo sem dinheiro pensa comprar
neste mundo qualquer intruso
tem habilidade para outrem enganar.

Se a poupar não se atreve,
gasta tudo aquela magana
te desejo amigo Verde
um bom fim de semana!

Cumprimentos para a tua esposa,
para ti amigo Verde um abraço.

Eduardo.

António Querido disse...

A filha nada ouviu
E continuou a gastar
Um dia com fome se viu
E em casa dos pais se veio saciar.

Aqui está o Querido para te abraçar!